A criatividade e o networking

A criatividade e o networking

A criatividade e o networking

A criatividade e o networking, os melhores amigos de um empreendedor

Criar uma empresa não é uma tarefa fácil, e a criatividade e o networking podem ser os seus melhores amigos na hora de empreender e se tornar um empreendedor de sucesso. Os empreendedores precisam otimizar os recursos que estão ao seu alcance, e ao mesmo tempo aproveitar todas as oportunidades que aparecem. Por isso, todo empreendedor deve ter uma mente aberta e uma agenda de contatos cheia. Uma consultoria em gestão empresarial em Curitiba também pode ajudar.

Se criar uma empresa é algo que requer muito amor, perseverança, paixão e força de vontade, os desafios de ser um empreendedor podem ser algo esmagador se você não tem convicção e uma ideia firme de tudo o que faz. Foque em construir e trabalhar para levar a cabo a famosa frase “ame o que você faz/faça o que você ama”.

A disponibilidade (ou não) de recursos

Todo empreendedor começa com alguns recursos que estão ao seu alcance, uns mais do que outros dependendo das suas origens, familiares ou amigos próximos. Entre todos os recursos que você pode pensar, talvez o que mais escute falar é do capital, e para um empreendedor isso é uma força muito poderosa e ele deve lidar com ela com muito cuidado. De fato, deve-se lidar com isso como se lida com o estresse.

A falta de capital e a criatividade/motivação do empreendedor

A falta de capital, da mesma maneira que o estresse, deve ser um fator de motivação para o empreendedor. Ela deve mostrar como ele é capaz de realizar o que precisa com o pouco que tem. Em outras palavras, a falta de capital deve ser uma tremenda fonte de inspiração para a criatividade de um empreendedor.

Por outro lado, da mesma maneira que acontece com o estresse, a falta de capital faz com que o empreendedor se sinta bloqueado ou até desanimado, então é preciso constantemente repensar o seu negócio. Lembre-se que a sua saúde física e mental devem vir sempre em primeiro lugar, para que exista disposição para realizar as atividades diárias do seu negócio.

 

Tenha bastante cuidado com os tributos, de preferência contrate uma consultoria tributária em Curitiba.

Portanto, se o empreendedor tem poucos recursos, vale a pena pensar em um sócio que entre com o capital, já que isso pode ser a peça fundamental para o sucesso de um empreendimento. Mas lembre-se, a entrada de um investidor eleva a responsabilidade a expectativa sobre o andamento do negócio.

Sim, é possível iniciar um negócio ou uma empresa apenas com as suas ideias, seu compromisso e tempo, porém é bom que tenha claro em sua mente que não será o caminho mais fácil. O empreendedor deve usar o que tem da melhor maneira possível, e isso não significa fazer as coisas mal feitas, mas sim, avaliar os seguintes aspectos:
. O que você tem para oferecer de melhor e com pouco capital (recursos e capacidades)
. O que precisa e como irá conseguir (necessidades e objetivos)
. Com quem pode contar e em que medida pode contar com essas pessoas (redes).

O networking e o empreendedor

Um dos recursos mais valiosos de um empreendedor pode ser a sua agenda de contados, já que quando uma empresa está começando, tem uma série de custos e despesas que exigem criatividade e compromisso.
Sendo assim, é claro que cada empresário deve ter uma lista e fazer uma análise muito detalhada das pessoas e recursos que estão a sua volta:
. Quem faz o quê;
. Como é possível realizar trocas de serviços;
. Como posso entregar valor para as pessoas.

Esse mapa detalhado da sua agenda de contatos é quase tão importante como o modelo ou o plano de negócios da sua ideia. De fato, a combinação desses dois pontos pode gerar um grande valor para a sua ideia de negócios, já que pode aproximá-la ainda mais da realidade e de grandes possibilidade de concretização de negócios.

Entender e conhecer os seus recursos, as pessoas e capacidades que um empreendedor tem em si mesmo e em seus círculos próximos é quase tão importante como saber para quem irá vender e o que irá vender.

A arma da criatividade

Um bom empreendedor deve usar a sua criatividade desde o momento que tem a ideia. De que forma e como irá implementá-la até chegar a entender como irá alavancar a sua rede de contatos para atingir os seus objetivos.

A capacidade de criar reside, muitas vezes, na necessidade. É certo que um processo de criatividade guiada pode levar uma pessoa ao “mindset” (mentalidade – estado mental), que a permite gerar muitas ideias; no entanto, também como diz uma frase atribuída a Platão “a necessidade é a mãe da invenção”.

Por isso, é claro que quando preciso, você pode se tornar ainda mais criativo. Em outras palavras, a falta de tempo, de capital e recursos podem ser uma enorme motivação para a mente de um empreendedor.E isso não significa que a empresa que conta com um bom capital e uma boa quantidade de recursos não colocará a teste a criatividade do empresário. Neste caso, a criatividade se concentra em como obter o maior benefício e agregar maior valor aos clientes e outras partes interessadas.

Ter recursos abre as portas do mundo do empreendedor e ter uma boa lista de contatos é como contar com uma série de chaves que irá permitir ao empreendedor abrir essas mesmas portas. Uma vez que uma boa análise da sua lista de contatos é feita, o próximo passo é manter uma relação bem estreita com a maioria deles.

Várias teorias falam sobre a economia e uma sociedade colaborativa: quando entenderem que unidos são mais fortes é o momento em que os empreendedores vão estar mais próximos e irão oferecer seus projetos e os das pessoas em sua rede de contato. Nossos amigos da Gutjahr & Schio, especializados em recuperação judicial podem ajudar também neste aspecto.

E por último, deve-se entender que mesmo que cada pessoa seja um mundo diferente e portanto, cada empresário tem uma história única para compartilhar, nem todos precisam das mesmas motivações, mas todos requerem uma grande rede de contatos.

A criatividade e o networking são um dos amigos mais próximos e valiosos de um empreendedor, portanto os empreendedores devem cuidar de nutrir seu relacionamento com seus contatos, mantendo-se sempre presente em seu dia a dia e estando preparados para agregar valor nas relações.

 

By | 2018-05-23T00:19:53+00:00 April 26th, 2018|negocios|0 Comments

Leave A Comment