Blogar por dinheiro x Blogar por amor

Blogar por dinheiro x Blogar por amor

Blogar por dinheiro x Blogar por amor

Começar um blog é muito fácil nos dias de hoje. Você pode começar seu próprio blog em questão de minutos se quiser.

Muitos provedores de hospedagem inclusive instalam um blog para você, ou no mínimo fornecem um processo fácil de instalação.

Além disso você pode optar por usar um serviço gratuito para começar a blogar, como WordPress ou Blogger.

Algumas pessoas começam seus blogs com a intenção de gerar renda a partir deles. Não há nada de errado com isso.

O problema, no entanto, é que a maioria das pessoas iniciam um blog com  a mentalidade errada. Acham  que criando alguns artigos sem qualidade, e inserindo um monte de popups e anúncios  o dinheiro irá começar a entrar.

Por si só um blog não é um negócio. Um blog é apenas uma ferramenta de auto-publicação pessoal. Se você quer blogar para ganhar dinheiro, então você deve começar um negócio online, e isso é  totalmente diferente de quem simplesmente bloga por amor.

Se é isso que você está olhando para criar, então você deve aprender a pensar como um empreendedor, e não apenas como um blogueiro.

Blogar por dinheiro ou blogar por amor

Quem bloga por amor, ou diz que bloga por amor, realmente possui um blog sem fins lucrativos e criam blogs até mesmo em plataformas gratuitas.

As pessoas que realmente escrevem em seus blogs, por amor não inserem um anúncio sequer em seu blog, possuem características de terem comunidades formadas na opinião do blogueiro, e escrevem textos sem publicidade e fins lucrativos.

O problema é que existe na blogosfera um monte de hipócritas  que dizem que blogam por amor, dizem escrever seu conteúdo somente para  pessoas, e não para buscadores,  mas criam conteúdos inóspitos sobre suas vidas, enchem seus blogs de anúncios, e sempre fazem questão de dizer que blogam por amor e não pelo dinheiro.

Ridículos hipócritas que ficam encima do muro, não ganham dinheiro,  não geram tráfego,  não conseguem visitantes fiéis, e ainda querem dar lição de moral aos que realmente sobrevivem de blogs.

Há muitas pessoas tentando blogar para ganhar dinheiro com seus blogs, mas eles estão presos a pensar como blogueiros afáveis que contam histórias de sua vida, em vez de pensar como empresários profissionais.

A atividade dos blogs pode ser usada sim para a  geração de renda, inclusive há muitos profissionais empreendedores que realmente ganham dinheiro com seus blogs, sem vender nada, apenas criando conteúdos interessantes para seu público gerando renda com anunciantes e patrocinadores.

Se você pensa como um blogueiro que gostaria de cativar seu público criando artigos sobre sua vida pessoal, o seu blog não irá gerar dinheiro, sendo assim não precisaria de um domínio próprio, ou hospedagem paga.

A fim de gerar renda a partir de blogs, você tem que aprender a pensar como um empreendedor, escolher um nicho, encontrar as dificuldades e lacunas desse nicho, e escrever artigos relacionados a ajudar pessoas.

Blogger vs empresário

As pessoas começam novos blogs o tempo todo com a intenção de gerar renda com eles, mesmo que mintam sobre isso.

Muitos têm conteúdo muito bom, mas depois de 3 a 6 meses de trabalho, eles permanecem em torno de algumas dezenas de visitantes por dia e desistem de suas metas. Outros são bastante inteligentes, possuem inclusive habilidades de escrever bem, e tem boas idéias para compartilhar.

Já outros são especialistas em seus campos com décadas de experiência, e criam um blog para partilhar os conhecimentos em sua área.

Mas porquê a maioria fracassam, gerando inúmeros blogs abandonados pela web?

Porque eles  não entendem. Eles não entendem um  blog como um negócio, e sim como um blog. Um negócio requer decisões táticas e estratégicas e somente a  tecnologia dos blogs e seu baixo entusiasmo não vai ajudá-lo a crescer.

Você tem que que gerar lucros consistentes de seu negócio, através do conteúdo focado a quem tem interesse nele.  Busque ser profissional o tempo todo com o seu trabalho. Os anunciantes e compradores,  não querem colocar seu dinheiro em algo que é apenas metade profissional.

Lidar com os cínicos

Quando você se compromete a blogar para ganhar dinheiro  em vez de apenas blogar como um hobby, você certamente vai ter que lidar com os cínicos que lamentam e reclamam o tempo todo que você de alguma forma se juntou ao lado negro da força.

Já fui tratado como se eu tivesse lhes feito danos pessoais graves, e me excluem, não linkam para meu blog, simplesmente  por me decidir ser pago por meu  trabalho em vez de servir as suas necessidades de forma gratuita.

Entenda que os cínicos não  lhe oferecem uma troca justa – eles estão pedindo que você se comprometa a blogar por amor, mas não te dão nada em troca para pagar suas contas.

Cínicos mantem a crença absurda de que eles tem direito a alguma coisa. Eles querem que você os sirva com seu conhecimento,  sem oferecer nada, e ainda não concordam ou sentem inveja caso seu site faça algum sucesso sem a ajuda das panelinhas existentes na blogosfera.

É fácil cair na armadilha e ouvir os cínicos e adotar a crença incrivelmente coxo de que seu propósito na vida é de curvar-se para trás, para servir as pessoas sem receber nada em troca.

Mas isso não é um modelo sustentável a longo prazo, e esta é uma das razões que muitos blogueiros ficam totalmente queimados e desistem de seu projeto entre um ano ou dois.

Cinismo financeiro é muito improdutivo, vai contra a lei natural da semeadura e da colheita, vai contra principalmente as leis do trabalho, do foco e da perseverança de vencer.

A decisão de blogar por dinheiro

Decidir blogar por dinheiro é uma grande decisão. Se você optar por esta decisão, certifique-se que você  seja firme com seus ideais. Tenha certeza que você não está sofrendo de cinismo financeiro.

Não fique  preocupado achando que você está fazendo algo errado ao decidir ser pago por seu trabalho.

Se você for bem sucedido financeiramente, isso significa que você pode oferecer um serviço muito melhor e ajudar muito mais pessoas.

Os cínicos dirão que tais declarações são as justificativas para a ganância e o egoísmo e sugerem que você transformou seu blog em algo corporativo ou alguma bobagem assim.

Ao invés de ficar chateado, como já fiquei um dia, busque concentrar o seu tempo e energia em servir aqueles que realmente apreciam o  seu trabalho.

Considerações finais

Esta lição se aplica até mesmo a você que é um funcionário de uma empresa, ou que trabalha para alguém. Lembre-se de que não importa para quem você trabalha,  você trabalha por conta própria.

Gostaria de lhe fazer uma pergunta,  para você que chegou até aqui neste artigo:

Você está está sendo bem recompensado por seus esforços, ou você está sofrendo com um relacionamento abusivo, trabalhando para um empregador que só espera que você trabalhe mais e mais a cada dia sem recompensa-lo melhor, por suas atitudes positivas?

Lembre-se, a escravidão acabou faz séculos, e esta decisão sempre foi sua. O único que realmente pode abusar de você é você … ao não honrar e amar a si mesmo completamente. Ninguém mais vai valorizar seus dons e talentos, a menos que você mesmo tenha valor em si próprio.

Por isso blogar por dinheiro, não é tão mal assim.  É  muito mais do que gerar renda, é simplesmente satisfação de ter alcançado meus ideais, e nunca mais na minha vida ser escravo das ordens de alguém.

Gostou do artigo, deixe seu comentário logo abaixo.

 

By | 2018-10-29T15:44:58+00:00 October 29th, 2018|Marketing Digital|0 Comments

Leave A Comment