Como proteger meu CPF? Veja algumas dicas

Como proteger meu CPF? Veja algumas dicas

Como proteger meu CPF? Veja algumas dicas

“Como proteger meu CPF?”. Será mesmo que essa é uma pergunta feita com frequência pelos brasileiros? Recentemente, o Serasa Consumidor realizou um estudo que mostra que o perfil mais propenso à fraudes é o homem, com idade entre 25 e 59 anos, e com renda média de dois salários mínimos. Aliás, os homens representam 68% da população com maior risco.

E os golpistas estão com tudo neste ano. Conforme o Serasa, em março, foram registradas 183 mil tentativas de fraudes com CPF. Isso significa uma tentativa a cada 14,6 segundos. Esse é um recorde histórico desde 2010, quando foi criada a pesquisa.

Proteger o cpf

Sempre desconfie de pessoas suspeitas perto dos seus documentos. (Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo)

Como podem fraudar meu CPF?

Mesmo que eu não esteja no perfil da pesquisa do Serasa Consumidor, será que estou tomando os devidos cuidados com meu CPF? Conforme a órgão de proteção ao crédito, entre os principais golpes estão a emissão de cartões de crédito, financiamento de bens eletrônicos, compra de celulares com documentos falsos ou roubados, abertura de conta bancária, compra de automóveis e abertura de empresas de fachada.

Os 10 mandamentos da proteção do meu CPF

1 – Registrarei perda ou roubo

Isso significa que, se eu perdi meu CPF ou se ele foi roubado, o primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência (BO) na delegacia ou no site da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Também é importante comunicar o Serasa.

2 – Ficarei sempre de olho

Sempre que precisar apresentar meu CPF em algum estabelecimento comercial, jamais deixarei que o levem para longe do meu campo de visão.

3 – Não fornecerei meus dados

Nunca, em hipótese alguma, fornecerei o número de meu CPF ou de outros documentos pela internet ou por telefone. Não importa qual empresa ou banco esteja se anunciando do outro lado da linha.

4 – Manterei minha postura no banco

Sempre que estiver fazendo operações em um caixa eletrônico, cuidarei para que os dados digitados não fiquem visíveis a terceiros.

5 – Só comprarei em e-commerce seguro

Sempre que optar por fazer compras na internet, me certificarei que o site é seguro e, principalmente, que o sistema de pagamento oferece segurança.

6 – Sempre clicarei no botão ‘sair’

Sempre que fizer login em páginas com senhas, principalmente quando digitar o número de um documento, clicarei no botão ‘sair’ para finalizar a operação. Sei que páginas que ficam abertas são alvos fáceis para os hackers que capturam dados.

7 – Cuidarei com mensagens falsas

Sempre desconfiarei de mensagens de celular anunciando prêmios e solicitando dados.

8 – Terei o máximo cuidado com e-mails

Nunca abrirei e-mails suspeitos como cobranças bancárias, intimações judiciais e assemelhados. Caso abra acidentalmente, nunca clicarei nos links enviados. Sei que eles podem ser vírus que capturam dados do computador.

9 – Nunca gravarei senhas na web

Toda vez que acessar um site com senha e visualizar a mensagem “Deseja memorizar essa senha?”, clique no botão ‘não’.

10 – Terei todo o cuidado com computadores públicos

Jamais utilizarei meu CPF ou minhas senhas pessoais em lan houses ou outros computadores compartilhados.

Veja também:

Gostou das dicas do meu CPF? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

By | 2018-11-07T18:16:56+00:00 November 7th, 2018|Finanças|0 Comments

Leave A Comment