Como tratar diferentes tipos de clientes

Como tratar diferentes tipos de clientes

Como tratar diferentes tipos de clientes

Como tratar diferentes tipos de clientes

Tratar o cliente é um dos aspectos mais importantes de todos os negócios. Ver a gratidão em seu rosto e ouvi-lo em seu tom de voz quando você esclareceu uma dúvida ou resolveu um problema, é inestimável.

No entanto, há também aqueles que, ao vê-los, querem se esconder imediatamente para não ter para lidar com eles. Outros que, na chegada, querem resolver qualquer problema e fazer todo o possível para torná-los mais felizes.

Aconteceu com você? Com certeza. Uma grande verdade, os clientes satisfeitos são a melhor carta de apresentação para uma empresa. Além disso, pode nos fazer anunciar gratuitamente .

Estes são nada mais e nada menos que os resultados do bom tratamento que lhes foram dados e a eficácia do produto.

Com efeito, a prioridade de uma empresa é seus clientes. Não é em vão que o cliente é o melhor indicador para determinar se uma empresa é bem-sucedida ou não. Portanto, criar estratégias para focar no aprimoramento das relações com o cliente é um esforço obrigatório.

Precisamos sempre dar o melhor de nós mesmos e mostrar ao cliente o que é mais valioso

Temos que nos preparar e “ser prova de tudo”. Então, dê uma olhada nessas dicas para saber como e como tratar seus clientes para que eles continuem voltando para você.

1. Conheça-os e crie proximidade

Comece com observe e ouça (sem interrupções) para seus clientes

Não apenas para criar uma interface de proximidade, mas para um diálogo que apresente as suas necessidades e expectativas. Assim, você pode oferecer-lhes os produtos ou serviços de que necessitam, mesmo antes de lhe dizerem

Este diálogo é benéfico para o homem e o cliente

Um cliente não é um documento  que pode ajudar o melhor funcionamento da empresa. O que é seu concorrente, e pode ser um bom relacionamento com ele, e o ajudará a tornar-se fiel aos seus negócios.

Além disso, o cliente também acha que tem uma boa oportunidade porque você tem interesse nele, e não apenas em vendê-lo.

Isso deve ser feito especialmente com os clientes de compras ocasionais e com o que acabaram de comprar seus produtos. Faça as coisas certas e continua a melhorar .

2. Pergunte-diz sua opinião

Se você está falando com clientes que gostam de falar e falar, deixe-me dizer que é uma oportunidade que você não pode perder

Quando você fala que pode ou não (algo) coisas que você pode mudar de empresa ou talvez nenhum serviço. Isto será mais fácil de ser dito, em vez de cair em conversas triviais, ter um bom feedback deles.

A fim de ter acesso ao seu conteúdo, consulte o nosso site para saber mais sobre o que é melhor para você .

Acredite, você fará com que ele se sinta valioso. O ponto é fazer você se sentir parte da equipe que não é pessoal e que você deve servir-lo.

Com os nossos clientes, você terá que dar o primeiro passo ou o mais que um impulso para entrar na confiança.

3. Tratá-los com educação e empatia com eles

Respeito e educação são valores que o espetáculo irá apreciar imediatamente. E não só quero dizer que, mas também em qualquer meio de comunicação; seja em redes sociais, via e-mail ou telefone

Os clientes podem vir com alguma descrição sobre o produto ou serviço, o que é necessário mostrar empatia dentro do seu desejo de fazer uma venda.

Aproveite o tempo para tocar e fazer perguntas, identifique o que eles realmente querem. Especialmente com clientes terroristas e aqueles que são impacientes ou agressivos.

Quando eles estão errados, perderam os documentos podem ser prejudiciais à imagem do seu negócio. Coloque-se no lugar deles, talvez eles estejam passando por um dia ruim e sejam tão completos.

A lealdade do cliente é uma arte e tanto. Às vezes, há meses ou anos, enquanto alguns não há mais contato. Então, lembre-se, educação e empatia sempre andam de mãos recebidas quando interagindo com nossos clientes.

4. Orientar-los em tudo que você pode

Nunca acredite que o cliente chega a você, sabendo todos os aspectos do produto ou serviço (exceto para saber tudo). Você é o especialista e precisa

Quase sempre, o cliente só conhece 40% ou 50% de um produto ou serviço que seria seu funcionamento, algumas vezes você está interessado e uma pequena idéia de como uma empresa funciona.

Dentro dessa dinâmica, o cliente vai precisar de uma sugestão para o seu ponto de vista.

O que você deve fazer para que você possa ter todas as informações que podem ajudá-lo a comprar, especialmente para clientes em potencial.

Cada situação (desconfortável) com um cliente é uma oportunidade para ajudar-lo. APENAS rápido Você DEVE Estar Muito atento Ao que ele diz.

5. Aceite seus erros e peça

Não é suficiente para as reclamações dos clientes com diligência. Além de ser rápido, educado e fazer com que se sintam ouvidos, é preciso estar disposto não apenas ao erro, mas sim buscar uma solução imediata para satisfazer o cliente.

Claro a solução deve estar dentro do razoável e usos comuns; como a aceitação de retornos ou certos detalhes que tornam o incidente mais facilmente esquecido.

Quando você tem que lidar com clientes agressivos e “terroristas”, você pode não ter cometido nenhum erro, mas seu modo de ser insistirá que admitir ou cometer algum erro . Não é ruim dar-lhes o prazer de vez em quando.

Claro, sempre com integridade . Os clientes percebem quando você faz algo para cobrir e não resolve o problema real.

6. Estabeleça e conheça os seus limites

Muitos são guiados pela famosa frase “o cliente tem sempre razão” e permitem que isso se repita. Há uma grande diferença entre fazer todo o possível para ter um cliente feliz e apoiar um cliente que nunca ficará satisfeito .

Como mencionei com clientes e negociadores amigáveis, você precisa saber como estabelecer limites . Basta ser educado e direto com o que você pensa que cruza a linha.

Faça-o entender suas razões, sempre com calma . Se um cliente não tiver respeito ou quiser abusar da sua confiança, peça ajuda a outros funcionários para lidar com a situação.

Saber seus limites também significa saber até onde você pode ir . faça tudo ou saiba tudo. Quando você não pode resolver um problema, você deve ajudar o seu cliente encontrar outra alternativa mesmo que seja uma outra empresa concorrente.

Você vai apreciar este esforço extra que você fez e você vai ganhar o seu confiança.

Um bom produto ou serviço é inútil se o tratamento dos clientes for péssimo. O mesmo acontece se você tratar seus clientes da melhor maneira e se seu produto for ruim. Ambas as partes se complementam e se tornar um negócio bem sucedido

Você pode ser um cliente de publicidade, ofertas ou presentes, mas não precisa se preocupar com um relacionamento frutífero com eles, eles não vão comprar de novo ou recomendar você.

Há uma frase que eu sempre gosto de ter em mente:

“Se você ajuda alguém, você tem um cliente por dia.”

By | 2018-10-17T18:37:27+00:00 May 19th, 2018|empreendedorismo|0 Comments

Leave A Comment