Diferentes tipos de rifas e uma só causa: ajudar ao próximo

Diferentes tipos de rifas e uma só causa: ajudar ao próximo

Diferentes tipos de rifas e uma só causa: ajudar ao próximo

Ajudar ao próximo é um tipo de ação que costuma exigir algum volume financeiro para ser realizada. O problema é que nem sempre você possui essa quantia. Organizar diferentes tipos de rifas, com venda de bilhetes e entrega de premiação, pode ser uma forma de mobilizar apoiadores e conseguir o valor desejado. A venda de rifas é uma forma funcional de fazer dinheiro extra para causas sociais ou filantrópicas, além de ser divertida e atraente para as pessoas dispostas a contribuir.

O sistema de rifas é bastante conhecido e varia pouco: você vende uma conta de nomes ou números a um determinado valor e numa data pré-determinada, o vencedor é conhecido por meio de sorteio. O grande segredo, talvez a maior dificuldade, é lucrar com a rifa. Independentemente do motivo de se estar fazendo a rifa, o objetivo obter mais dinheiro com ela do que as despesas que teve com o prêmio oferecido ao vencedor. Para que sua rifa dê certo e seja lucrativa, veja nossas dicas de como ganhar dinheiro com uma rifa para seu projeto ou causa social.

Tem como ganhar dinheiro com rifas?

Ganhar dinheiro com rifa não é bem a ideia — pelo menos não para os interesses pessoais de quem promove a iniciativa. As rifas possuem objetivo filantrópico, ou seja, ajudam causas e projetos que tenham função social. É o apoio a essas causas que, geralmente, motiva a compra dos bilhetes numerados. Ter um projeto para o qual a renda será revertida é o primeiro passo para organizar esses concursos de maneira correta.

Transparência é palavra-chave para que uma rifa atinja os seus objetivos. Foto: Pixabay

É válido estipular o valor que você deseja arrecadar e a média de pessoas que você espera que participem da promoção.

Com base nisso e em uma análise das condições financeiras dos possíveis compradores, estabeleça os valores de cada bilhete e produza as cartelas com os números que serão registrados no nome de cada comprador.

O vencedor pode ser conhecido de duas maneiras: através de um sorteio realizado pela própria organização em evento aberto à comunidade ou pelos resultados da Loteria Federal.

Veja também:

Antes de começar a rifa

Os pré-requisitos para começar são simples:

  • Uma causa: Nem todos os potenciais participantes da rifa conhecem sua causa ou os motivos por que você e o projeto precisam do dinheiro extra. Aproveite para contar, de forma sucinta e direta, sobre o trabalho desenvolvido ou as necessidades que motivam a realização desse sorteio.
  • Cartela de rifa: Pode ser uma cartela de rifa, à venda em papelarias, ou uma folha de papel para manter o controle dos nomes de quem comprou a rifa. Pode ser interessante anotar um número de telefone, para poder entrar em contato com o vencedor.
  • Um prêmio a ser sorteado.
  • Regras claras: você precisa definir o preço de cada cota, quem pode e quem não pode participar (por exemplo: em alguns casos, proibir a participação de familiares de quem trabalha no projeto ajuda a dar mais credibilidade ao sorteio), a data do sorteio, a fórmula do sorteio.

Premiação diferencia tipos de rifas

A venda de bilhetes numerados, que darão direito a prêmios, é o que caracteriza essa iniciativa. Independentemente de quais sejam os tipos de rifas, a premiação oferecida aos donos dos números sorteados é importante para o sucesso do evento e é o que diferencia a promoção.

Mas, o que rifar para ganhar dinheiro para seu projeto ou causa? São dois os principais tipos de rifas. O primeiro é aquele que envolve o sorteio de produtos. Um eletrodoméstico, roupas ou até mesmo um veículo são prêmios que costumam ser sorteados e que atraem a atenção do comprador. É importante que você se preocupe em conseguir uma premiação de qualidade, levando em conta o valor da rifa e as condições do seu público.

O outro é o sorteio de premiação em serviços. Um dia no salão de beleza, uma consultoria de algum profissional ou uma viagem para qualquer que seja o destino, são exemplos de prêmios que não são concretos, palpáveis e que exigem um cuidado especial do organizador. Afinal, não há regulamentação sobre as rifas no país, o que pode dificultar a cobrança do prêmio em caso de divergência.

Quando as recompensas são em produtos, você pode solicitar que os parceiros entreguem eles a você antes do início da venda dos números. É uma forma de garantir que você terá como premiar o vencedor. Mas quando a bonificação é em serviços, é possível que o parceiro desista de ajudar depois que o concurso já estiver em andamento.

Portanto, tome cuidado especial no momento de fechar parceria com os possíveis fornecedores de brindes e recompensas. Se possível, assine um acordo com firma reconhecida em cartório, afirmando a parceria entre o organizador e o apoiador. Você pode fazer o mesmo com a realização das rifas, para afirmar a boa fé da promoção.

Tenha cuidado, ainda, com o que diz a legislação geral sobre esse tipo de concurso. Mesmo que não haja regência regulamentação sobre as rifas, elas podem ser consideradas como jogos de azar, nos quais a sorte é o único fator de decisão sobre o resultado. Esse tipo de evento é proibido no país e pode render até um ano de prisão.

 

Gostou de saber mais sobre os tipos de rifas? Tem dicas de rifa? Deixe seu comentário.

By | 2018-10-24T17:24:25+00:00 October 24th, 2018|ganhar dinheiro|0 Comments

Leave A Comment